terça-feira, 4 de março de 2014

Devassidão


Ajoelho-me aos teus pés
à altura da devassidão...
Dou-te altas doses de mim.
Embriago-me do veneno teu,
És meu homem e me farto de ti.
Sou tua mulher, tua amada.

Texto de Teresa Azevedo extraído do livro "Peripécias de Poeta"  que pode ser adquirido no site www.clubedeautores.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário