sexta-feira, 23 de maio de 2014

A quantos cantos quis ir e não fui


A quantos cantos quis ir e não fui.

Oh! Afagos que não conquistei,
vazios de mim que sonhei.
Desencontros da vida, eu sei

Fragmento de poesia de Teresa Azevedo

Tela de Oscar-Claude Monet, pintor francês e o mais célebre entre os pintores impressionistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário