domingo, 4 de maio de 2014

Depoimento da poeta, escritora e acadêmica da ANLPPB


Agradeço também aos confrades e poetas que já abraçaram esta causa, participando dos trabalhos ou doando livros para montagem nas bibliotecas de cada local onde o trabalho for feito, a saber: Dalva Saudo, Wagner Félix, Lu Narbot, Adriane Lima, Marilene Teubner, Liz Ravbelo.
Dando continuidade ao sonho do Dr Alcy Gigliotti (in memoriam), na pessoa de sua filha Luciana Gigliotti, de quem recebemos uma grande quantidade livros e material para desenvolver os trabalhos em todas as frentes de trabalho - casas de repouso, orfanatos, prisões, casas de saúde mental, moradores de rua, favelas e outras.
Espero honrar a toda credibilidade que me foi dada. Teresa Azevedo
LINDO LIVRO... MUITO CRIATIVO!
Amei a capa, reformatada de uma tela de nossa amiga em comum: Acadêmica Dalva Saudo Arte Naif... E a possibilidade da interação com o leitor! ONDULAÇÕES, de Teresa Azevedo, Editora Independente, Clube de Autores e AG Book, 2013.
ÁGUA, ESSÊNCIA DA VIDA!
(...)
"Começa em mim o não ao desperdício.
Faz, peço, o antever da desgraça determo-nos.
Essência!
Água que jorra em terra fértil
Jorre em mananciais de plenitude.
Toque-nos a todos oh! Indispoensável fluxo da vida.
(...)
Teresa Azevedo, (página 65)
MINHAS LINHAS PROVOCADAS
SEQUEI
Sedenta fiquei
triste arrebentei fileiras
erosões profundas
em terra ardente
Status de morte!
Eis que de súbito
uma corrente de ar,
mais fria,
ventos uivando,
derreto-me
pelas vertentes de erosão
do morro seco
e me lanço em ondas de choque
com águas que se precipitam rio abaixo,
transformo o nada do deserto
em terra verde!
Sou o sangue da Terra!

Nenhum comentário:

Postar um comentário