sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Até que nós...poesia.

“A beleza não está na luz da manhã nem na sombra da noite, está no crepúsculo, nesse meio tom, nessa incerteza.” Lygia Fagundes Teles.

Até que nós... poesia.

Poesia ao despertar e aurora linda e radiante.
Poesia ao longo do dia a labuta sem fronteiras.
Poesia do entardecer, enfim o Happy hour inquieto.
Poesia do anoitecer é desejo de ter você.
Poesia noite a dentro: você chega e eu...
E depois o sono.
POESIA!
O sono e sonho.
POESIA!
Até que nós... POESIA.


Autoria da poeta e escritora: Teresa Azevedo

Tela de Edward Robert Hughes (1851 – 1914) - pintor Inglês que trabalhou em um estilo influenciado pelo Pre rafaelismo e esteticismo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário